publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Notícias

Atletas de Feira de Santana participam de treinamento de prevenção a desastres em massa

13 mar 2019

| 06:45h | Notícias
Atletas de Feira de Santana participam de treinamento de prevenção a desastres em massa

O projeto Cidem (Congresso Internacional de Desastres em Massa) promoveu, nesta terça-feira (12), o 1º treinamento de prevenção e combate a incêndio, primeiros socorros e prevenção de controle de pânico para atletas residentes na Arena Cajueiro, em Feira de Santana. O professor Jeidson Marques explicou como o treinamento é realizado.

 
 

“Em caso de estádio, nós temos dois espaços, temos o campo onde vai acontecer uma explosão e nós temos a arquibancada, onde concentra o maior número de público e onde se tem um cuidado, pois geralmente qualquer incidente que envolve o público, mesmo uma coisa de pequeno risco, causa um pânico e isso se torna uma coisa muito grave, como pisoteamento, pessoas que pulam de áreas mais altas e termina causando uma potencialização desse desastre. Diria que aqui o Estádio do Bahia de Feira, por enquanto, por ele ser de um lado, onde a arquibancada se concentra, ele é relativamente mais fácil de controlar uma situação como essa”, afirmou.

Ele explicou que a partir do momento que o estádio tem todo seu formato circular completo de arquibancada, o processo se torna mais completo e o campo, é o ponto de encontro no caso de uma evacuação necessária.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Nesse caso, a gente fez um treinamento com essa evacuação do ponto de encontro da Arena Cajueiro, junto ao portão de saída de emergência, onde nós conseguimos mostrar a esses jogadores, que estão em todos os jogos, sejam torcendo pelos profissionais ou também na arquibancada, a saberem conduzir e para onde ir e claro, esse processo é contínuo, esse é um processo que não dar para um único momento, único dia, mas esse treinamento é um grande passo que nós aqui em Feira de Santana conseguimos fazer”, destacou.

Segundo o professor, o projeto Cidem está buscado mais espaço e Feira de Santana é o foco principal, sendo prioridade no trabalho. Diante disso, a ideia de fazer esse evento na Arena Cajueiro, por já existir uma parceria com o Grupo Nobre.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Tivemos a sede do grande Cidem aqui com o pessoal do Grupo Nobre, que foi o maior da história aqui dentro do Campo Cajueiro. Daí a gente teve como forma de contrapartida e também com o nosso interesse social, a iniciativa de realizar esse treinamento. Esse é o primeiro espaço em nível de área esportiva que nós fizemos e com certeza faremos em outros espaços”, informou.

Oitenta atletas entre divisão de base e jogadores profissionais, todo o grupo diretivo e comissão técnica participaram do treinamento, tanto na parte teórica de palestras e também para na parte prática.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Temos três cenários. Um deles sobre o extintor. Não adianta pegar um extintor e não saber para o que é que ele é usado e usar erradamente, então isso foi um exercício prático. Depois fizemos a evacuação do alojamento e o terceiro momento foi na arquibancada. Uma das entradas que eles passaram estava bloqueada com fumaça e eles não puderem de forma nenhuma passar. Então a gente demonstrou isso para os jogadores. É um processo contínuo e nós voltaremos aqui”, disse, explicando ainda como proceder diante de um incêndio.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“O primeiro passo é ter uma boa brigada com um pessoal bem treinado para poder agir no início desse processo, porque quando se combate logo no início, toda consequência grande disso se reduz, e aí o número de vítimas diminui e tudo. Eles aí vão fazer o primeiro ataque, vão controlar aquele princípio de incêndio, de quantas pessoas vão sair correndo, eles vão ter que ir para cima do ponto de incidente, vão usar os hidrantes, vão usar os extintores e vão tentar minimizar isso, enquanto isso, vem o reforço, se for necessário, nesse caso o Corpo de Bombeiros com veículos e toda estrutura maior”, explicou.

Para o goleiro do Bahia de Feira, Jair, o treinamento serviu como uma oportunidade de preparação para todos que participaram. Ele parabenizou o clube pela promoção do evento, assim como agradeceu ao Corpo de Bombeiros, a Guarda Civil, a Polícia Militar, o Exército e todos que fizeram parte do evento.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“A importância desse evento é muito grande, pois ficamos cientes das coisas e se por ventura algo vier a acontecer, já estaremos preparados. Todos foram orientados e momentos como esse são de muita importância, pois a gente adquire sabedoria. O Bahia de Feira está de parabéns pela iniciativa. Hoje não treinamos, mas ganhamos o dia. A gente aprendeu a ter tranquilidade e equilíbrio nos momentos de desespero, saber como isolar a área no momento de prestar um socorro e tudo isso é conhecimento”, destacou.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade
 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Quem bahia. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.



Arquivo de Matérias



Publicidade

Podcast

Festival de Sanfoneiros em Feira de Santana mostra a força do forró tradicional

00:00
Download

Fotos

Twitter

© 2009 - 2019. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.